The Blog
1 dezembro, 2014

Heroínas, para a produção dessa semana escolhi como base uma peça pela qual tenho verdadeira paixão, a blusa peplum.

O nome peplum vem do grego e significa túnica, ou seja, é como se uma sobreposição viesse por cima de uma saia. Esta modelagem foi criada por Christian Dior em 1947, no período pós-guerra.

O peplum é uma quantidade sobressalente de tecido que, adicionada a blusas, jaquetas, saias e vestidos, envolve parte da cintura e quadril, valorizando as curvas do corpo feminino.

O segredo para usar o peplum é o equilíbrio das peças. Quando aplicado em saias, o ideal é combiná-las com partes de cima de modelagem mais justas, como camisas sem volume, camisetas de malha ou de tecidos mais finos e mais fluidos.

Nas blusas com peplum, o indicado são as peças sem volume na parte de baixo, como saias lápis, calças retas, leggings e flares. Mulheres altas podem investir nas pantalonas também, já as baixinhas devem fugir dessa combinação, pois pode achatar a silhueta.

Na minha produção eu optei pela saia lápis amarela (supertendência) para equilibrar o visual com a blusa peplum de couro. E o salto alto alonga e traz mais elegância ao look.

trend-rita_heroina

detalhe_trend-rita_heroina

A blusa peplum não é um modelo ditatorial, porém não é a melhor opção para mulheres com quadril muito largo, pois o babado pode dupicar o tamanho dessa região do corpo. Já para aquelas que querem afinar a cintura, essa peça é perfeita, pois esconde as gordurinhas localizadas, diminuindo assim alguns centímetros.

Para quem possui o corpo em formato de triângulo invertido (ombros largos e quadris estreitos), o peplum na parte de cima da produção também cai com perfeição ao equilibrar a silhueta.

No geral a blusa peplum é uma peça curinga e que todas podem usar. Basta encontrar o modelo e a cor que melhor combina com cada uma.

Minhas escolhas:

  • Blusa peplum: Ellus
  • Saia lápis: Cholet
  • Peep Toe: Colehaan

Super Beijo!

Espalhe nas Redes

• Comentário no blog deste assunto é aqui •

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

• Faça um Comentário no Facebook deste assunto •

• Veja mais trabalhos de Rita Heroina •